Nome
Destaques
- Notícias
Como conviver com a alergia ao pólen
22-03-2016

O que é a Alergia ao Pólen?

 
A alergia ao pólen é um tipo de alergia respiratória muito comum que se manifesta principalmente na primavera.
O pólen é uma pequena substância que algumas árvores e flores dispersam pelo ar e que geralmente provoca reacção alérgica em pessoas geneticamente predispostas. Os períodos de contágio mais críticos são o início da manhã e o final da tarde.
Nestes casos, quando o pólen entra nas vias respiratórias, os anticorpos identificam o pólen como um agente invasor e reagem à sua presença provocando sintomas que serão identificados posteriormente.
Para melhor conviver com a alergia ao pólen deve evitar o contacto com o mesmo, diminuindo deste modo a probabilidade de desencadear uma reacção alérgica.
 
Sintomas Alérgicos:
 
  • Tosse seca, principalmente à noite, que pode causar falta de ar;
  • Garganta seca;
  • Congestão nasal;
  • Lacrimejar;
  • Espirros frequentes.
Os sintomas podem estar presentes cerca de 3 meses, tornando-se bastante incomodativos.
Geralmente, quem tem alergia ao pólen poderá ter paralelamente alergia ao pêlo de animais ou aos ácaros, sendo igualmente necessário evitar o contacto.
 
Estratégias para evitar Reações Alérgicas:
 
  • Conhecer o tipo de pólen que lhe provoca alergia para mais facilmente evitar o contacto e tomar medidas adequadas. Para isso deverá consultar um médico especialista – pneumologista/alergologista – que lhe fará as análises necessárias;
  • Usar óculos de sol para diminuir o contacto com os olhos;
  • Fechar as janelas de casa e do carro, sobretudo nos períodos mais críticos;
  • Deixar os casacos e sapatos na entrada da casa;
  • Evitar jardins ou locais com muito vento;
  • Não secar a roupa ao ar livre.
 
Em alguns casos é necessário recorrer a medicação, no início da primavera, para prevenir econseguir combater os sintomas alérgicos. Para tal deverá consultar um médico especialista.